quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Os avessos da vida

Nada mais perfeito do que começar um encontro com "Bom dia". São 7:30 da manhã. Acordei inspirado minha gente. O trabalho me chama logo cedo e é neste contexto dos avessos que vamos caminhando. A nossa mente nos pede um sono mais prolongado , mas a vida não quer esperar. Enquanto estamos no embalo dos sonhos a vida não para. E é neste tortuoso caminhar que desejo com calma prosear.
Vejo que muitas pessoas levam a vida a procura do pote de ouro. Esta procura pode muitas vezes ser ininterrupta, tendo que passar a vida inteira a procura e nada achar. Pronto. Chegamos numa incruzilhada que pode ser a chave para a felicidade. Saber dosar o que procura faz a qualidade de nossa vida melhor, pois na maioria das vezes o que ja temos e conquistamos pode ser a felicidade, mas o ser humano sempre quer mais, não consegue enxergar o avesso da vida.
Baseado nos avessos posso colocar em nossa mesa um fato que demonstra claramente este tipo de incruzilhada. Vejo hoje com mais clareza certos valores que não via. Falo a respeito de meu pai ainda em vida. Não estou dizendo que não dava o valor devido, de maneira alguma. Ele sempre foi meu heroi. Com ele tempo ruim nunca existiu. Fazia de tudo para que tivessemos o melhor da vida, e isso é magnífico. Mas consigo ver com vagaresa quais foram e quais são os valores reais. Sem esta perda nunca teria enxergado os avessos da vida. Sou homem privilegiado pois consegui ter a oportunidade de desfrutar este bem maior e isso me torna uma pessoa melhor.
Me lembro com detalhes as coisas importantes da época. Uma pescaria. Sair com os primos e amigos. Aventuras no sítio do meu tio e muitas outras coisas. Mas me lembro com real teor as viagens para o pantanal com meu pai. Era pura adrenalina. Sabe quando só de falar o pêlo arrepia. Então, é deste tipo de sentimento que olho quando falo, sobre ter felicidade e procurar felicidade. Ao vivenciar este sentimento real, perto de pessoas reais, que chegamos ao alcance da felicidade plena. Coisas que muitas vezes sonhamos como palácios e castelos, o que verdadeiramente nos traz o que há de mais completo está ao nosso lado. Eu sei muito bem que trocaria todos palácios e castelos do mundo por mais uma viagem ao pantanal com meu pai, mas sei que na condição concreta dos fatos imutaveis que me melhoro e aprimoro.
Hoje, sabedor dos contrários, quero olhar com mais profundidade nos olhares que faço e recebo. Não pretendo perder de vista o que nos melhora. Felizes são aqueles que podem descobrir a felicidade a tempo e podem desfruta-la em seu âmbito. Eu curti tudo o que pude com meu pai, mas poderia ter curtido mil vezes mais se olhasse como olho hoje. Sei que não podemos mudar um fato: "meu pai morreu". Mas sei que posso ser mil vezes melhor com este aprendizado. Aprenda também. Certas bondades na vida são feitas na dor.
Então pense com mais clareza quando olhar para quem ama. A felicidade pode estar ao seu lado. Visar objetivos são sempre bem-vindos desde que tenha fundamento, base e alcance. Tudo que é muito distante é complicado de ser alcançado. Então alcance o que está ao seu alcance. Não faça da vida uma tortuosa caminhada com difíceis acessos. Como um grande pensador dizia: Deus constroí pontes que favorecem travessias, somos nós quem insistimos em atravessar os vales nadando. Também tenha em mente que novos olhares esbarrarão em sua vista, alguns não serão agradáveis aos olhos. Mas não podemos subjulgar o desconhecido. Não sabemos quais tratores da vida foram passados por aquela pessoa. As vezes, corações amargorados caminham neste mundo porque não souberam lidar com a felicidade, não souberam entender perdas e ganhos, ou ganhos e perdas. Devemos ser solidários com o proximo, mesmo que não tenhamos um retorno agradavel e sincero. Sei muito bem que falar é fácil, mas se propor a este desafio é ser mais do que ja somos.
Agradeço mais uma vez sua visita. Que nos avessos dos nossos encontros possamos formar novas amizades, que seja cheia de profundidade. Volte sempre quando puder.

um abraço com carinho
Bruno Tominaga

2 comentários:

  1. amor q texto magnifico! cada dia seus posts ficam melhores! seu texto me encheu de inspiração! sabaia palavras, quanto conhecimento, tenho orgulho de namorar uma pessoa tao cheia de vida, tao cheia de sabedoria! parabens amor

    ResponderExcluir
  2. Leonardo Servidone6 de outubro de 2010 19:04

    Fala Meu querido blz ?
    Então, demorei mais cheguei e gostei do que li...
    Bom, não sabia que você ja sabia escrever mais esta mandando bem !!!
    Felizmente fui um previlegiado e participei boa parte da sua vida e com seu pai, epoca que iamos para chacara do Andre, são tempos que nao voltam, mais vai ficar em nossas memoria para o resto de nossas vidas e se deus quizer vamos contar muitas e muitas historias ainda para nossos filhos e amigos, são historias que ninguem podem nos tirar e que não tem preço só quem vivenciou pode falar ou contar !!!
    Bom continue essa pessoal maravilhosa que vc é que vc só tem a ganhar !!!
    Fica com deus meu irmão...
    Abraçoss...

    ResponderExcluir